top of page

Consultas de Psicologia

Durante a vida surgem situações por vezes mais desafiantes, que nos causam sofrimento, seja no trabalho,

na família, nos relacionamentos interpessoais, por motivos médicos, tornando-se difíceis de serem geridas emocionalmente.

Nesta página encontra algumas informações sobre as consultas de psicologia, nomeadamente como se processam, os valores,

motivos para agendamento, entre outras questões frequentes.

Cátia Castro - Psicóloga

Como se processam as Consultas de Psicologia

Cátia Castro
Como se processam as Consultas de Psicologia
Buscar vídeo...
Como se processam as Consultas de Psicologia

Como se processam as Consultas de Psicologia

00:31
Reproduzir vídeo
Motivos para a Consulta de Psicologia

Motivos para a Consulta de Psicologia

00:30
Reproduzir vídeo
Escritório aconchegante

1

Como sei se o meu motivo é válido para ter uma consulta de psicologia?

Caso se questiona se o seu motivo é suficientemente válido para procurar uma consulta de psicologia, é importante lembrar que qualquer forma de sofrimento psicológico merece ser reconhecido e tratado. O objetivo da psicologia passa por avaliar e ajudar na compreensão e superação desse sofrimento.

 

Se algo está a perturbar ou a interferir no modo de funcionamento da sua vida quotidiana, então esse é motivo suficiente. Muitas pessoas procuram ter consulta para lidar com uma ampla gama de questões, que podem incluir:

  • Dificuldades emocionais e instabilidade

  • Depressão ou episódios de tristeza profunda

  • Perturbações da ansiedade

  • Comportamentos ou pensamentos autolesivos

  • Lidar com a separação ou divórcio

  • Experiências de (ciber)bullying

  • Ansiedade social

  • Comportamentos obsessivos ou compulsivos

  • Dificuldades no relacionamento interpessoal

  • Uso problemático de videojogos ou redes sociais

  • Adição às compras, e/ou outras adições

  • Desejo de desenvolvimento pessoal

  • Prevenção e promoção da saúde mental

 

Além disso, é importante salientar que a consulta de psicologia não é apenas para situações de crise, doença mental ou dificuldades psicológicas.

Muitas pessoas procuram psicoterapia para o desenvolvimento pessoal, para melhor se compreenderem a si mesmas e aos seus padrões de comportamento, para promoverem o seu bem-estar geral e a sua resiliência perante as adversidades futuras.

Se considera que a psicoterapia pode ser benéfica para si, não hesite em agendar uma consulta. O primeiro passo é, muitas vezes, o mais desafiante, mas também o mais gratificante. Lembre-se: o seu bem-estar é sempre válido e importante.

2

O que é que um(a) Psicólogo(a) clínico(a) faz?

Como psicóloga clínica faço avaliação e intervenção psicológica que ajuda na construção e desenvolvimento, alcançando uma compreensão mais profunda dos seus pensamentos, sentimentos e experiências. 

O meu trabalho envolve a avaliação psicológica para identificar problemáticas, dificuldades, necessidades, factores de risco mas também de protecção e potencialidades.

 

Realizo a observação clínica, entrevistas e, caso necessário, aplico testes e/ou questionários psicológicos para recolher informações sobre as dinâmicas psicológicas.

A partir destas informações, informo sobre o psicodiagnóstico, desenvolvendo um plano de tratamento personalizado - psicoterapia. Trabalho em colaboração consigo  para definir objectivos e desenvolver estratégias que promovam mudanças saudáveis.

 

Para exercer a profissão de Psicólog@ Clínic@, é necessário possuir uma licenciatura em Psicologia, complementada com um mestrado em Psicologia Clínica. Além disso, é obrigatório a realização de um estágio profissional supervisionado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). Após a conclusão bem-sucedida deste estágio, torna-se membro efectivo da OPP e recebe uma cédula profissional única e identificável. A autenticidade desta cédula pode ser verificada através do motor de busca disponível no site da OPP.

 

A prática da psicologia clínica, é uma prática regulamentada pela Ordem dos Psicólogos Portugueses e baseada na investigação e evidência científica, com princípios éticos e deontológicos enquadrados na lei Portuguesa. 

Consultorio3.heic

3

Como se processam as consultas?

As consultas, também referidas como sessões, ocorrem num ambiente pensado para ser empático, inclusivo e psicologicamente seguro.

 

É um espaço onde o respeito e a confidencialidade são primordiais. O objectivo das consultas é proporcionar apoio, promover a saúde mental e estimular o desenvolvimento pessoal.

As minhas sessões decorrem de uma maneira centrada na pessoa, guiadas pelas suas necessidades e conforto. Durante cada sessão, será encorajad@ a expressar livremente os seus pensamentos, sentimentos e preocupações. Como psicóloga clínica, estarei lá para escutar, procurar entender, informar, utilizando técnicas psicoterapêuticas adequadas para ajudar a enfrentar os seus desafios e alcançar os seus objectivos.

 

Estas consultas podem ocorrer de duas formas, presencialmente, no consultório, ou online, por videochamada.

 

A modalidade online oferece maior flexibilidade, permitindo que receba apoio no conforto e segurança de sua própria casa. Em ambos os casos, o foco é sempre proporcionar um ambiente acolhedor e seguro onde se possa sentir à vontade para explorar e entender melhor a sua experiência.

Qual o valor? 

O valor é de 50 euros a consulta, poderá efectuar o pagamento via MBWay.

Ao realizar a sua consulta, forneço um recibo detalhado que pode ser entregue à sua seguradora para obter o desconto aplicável de acordo com as condições estipuladas na sua apólice.

A sua saúde mental é um investimento que merece ser cuidado e acessível.

4

O que é a Psicoterapia?

Na consulta de psicologia analisa-se o motivo de consulta, faz-se a história clínica do desenvolvimento da pessoa, analisa-se as possibilidades e objectivos a trabalhar na psicoterapia.

 

A psicoterapia é então o tratamento psicológico que procura ajudar numa ampla variedade de questões no seguimento da consulta de psicologia.

A psicoterapia é o tratamento psicológico que visa reduzir o sofrimento psicológico, 

podendo contribuir para o bem estar físico e psicológico, promovendo autonomia e escolhas livres.

Os objectivos do tratamento podem incluir reduzir os sintomas, modificar comportamentos e / ou alcançar objectivos de vida específicos.

 

A duração total da psicoterapia depende da pessoa e dos objectivos desejados da psicoterapia. Pode por exemplo ser desde algumas semanas, 3 meses, 6 meses, 1 ano, ou mais, depende mesmo dos objectivos e necessidades, como já foi referido.

 

Cada sessão tem 50 minutos de duração, as sessões ocorrem usualmente uma vez por semana. 

Podem em alguns casos ocorrer duas vezes, ou mais, por semana dependendo das suas necessidades e disponibilidade.

Consultorio2.heic

5

Existem vários diferentes tipos de Psicoterapia?

Sim existem.

A minha abordagem teórica é centrada na Psicoterapia Psicanalítica Relacional, uma modalidade que enfatiza a co-construção intersubjetiva e o desenvolvimento intrapsíquico da pessoa*.

A minha prática clínica, é ajustada às necessidades da pessoa, à sua problemática e sintomatologia, beneficiando de uma abordagem integrada, ou seja, também por vezes com psicoeducação/informação sobre os seus sintomas, bem como formas mais directivas de lidar com os mesmos.

Por exemplo, alguns comportamentos são expressão de sintomas, outros são expressão daquilo que foi aprendendo desde o nascimento ao longo da vida, outros poderão ser pela forma que gere a regulação das suas emoções, outros ainda poderão ser reacções a comportamentos dos outros mas que por vezes têm um significado inconsciente que conscientemente não temos acesso, mas que na psicoterapia podemos analisar e identificar o que representam para si. 

*Mas o que significa isto exactamente?

A Psicoterapia Psicanalítica Relacional, parte do pressuposto que a relação é transformadora e motor de desenvolvimento psíquico. Analisa-se os seus processos inconscientes, o seu mundo interno e como se reflete no modo como pensa e interage, para que possa explorar formas de pensar, sentir, de forma flexível, autónoma e saudável.

Esta abordagem considera cuidadosamente as várias fases de desenvolvimento da sua vida e os seus padrões relacionais que se formaram ao longo do tempo. No entanto, vai além do passado e concentra-se também na sua situação presente - como você percebe e interpreta a sua realidade actual, como isso afecta o seu comportamento e como se relaciona com os outros.

O objectivo é ajudar a desenvolver um maior autoconhecimento, a fim de que caso seja pertinente, possa fazer mudanças informadas na sua vida e nas suas relações, com vista a uma melhor qualidade de vida.

Para se ser psicoterapeuta psicanalista relacional é necessário ter uma formação especifica pós-graduada de 3 anos de formação teórica, 200 horas de psicoterapia pessoal bi-semanal e mais 150 horas de supervisão por dois supervisores diferentes.

Uma das tarefas do nosso presente poderá passar por ressignificar a nossa compreensão do passado. 

6

Como é o consultório de psicologia?

O que tenho de dizer?

Por vezes podem existir incertezas ao pensar sobre o que esperar de um consultório de psicologia e sobre o que deverá partilhar durante as consultas.

 

Permita-me esclarecer um pouco o processo.

Primeiramente, quero assegurar-lhe que o consultório é um ambiente seguro e confidencial, procurando proporcionar um espaço onde se sinta confortável para expressar os seus pensamentos e emoções. Foi pensado para ser um lugar acolhedor e tranquilo, onde o respeito pelo seu ritmo e pelo seu espaço pessoal é fundamental.

Em relação ao que deve partilhar nas consultas, não existe um roteiro definido. A sessão é o seu espaço, e é importante que fale sobre aquilo que acha relevante e o que está a sentir no momento.

 

Podem ser questões do seu dia-a-dia, problemas ou desafios que está a enfrentar, pensamentos ou sentimentos que estão a causar-lhe desconforto, ou simplesmente reflexões sobre a sua vida. O mais importante é que se sinta à vontade para partilhar o que quiser, ao seu próprio ritmo.

O meu papel, como psicóloga, é ouvir atentamente, sem julgamentos, e guiá-lo no processo de autoexploração e entendimento. A psicoterapia é uma jornada conjunta, na qual trabalharemos juntos para entender melhor o que está a acontecer e como podemos desenvolver estratégias que ajudem a enfrentar os desafios e a promover o seu bem-estar.

Lembre-se que não existe um 'modo certo' de fazer psicoterapia. Cada pessoa é única, e o processo terapêutico é adaptado às suas necessidades e circunstâncias particulares.

O mais importante é que se sinta confortável e apoiad@ durante este processo.

Fotos do Consultório localizado no Edifico Amoreiras Square, em Lisboa

estante de livros

7

O que é a Avaliação Psicológica?

A avaliação psicológica é um processo de recolha e interpretação de informações sobre a pessoa com o objectivo de compreender melhor as suas características e comportamentos. Esta avaliação pode ser feita através de entrevistas, observação clínica, questionários, testes padronizados, e é um complemento essencial na prática clínica de um psicólogo.

 

A avaliação psicológica quando é solicitada para contexto externo, serve para diversos propósitos, como por exemplo para contexto escolar, profissional, tribunais e depende de quem o solicita.

 

Pode ajudar a identificar possíveis dificuldades ou perturbações psicológicas, compreender as potencialidades e vulnerabilidades individuais, fornecer um diagnóstico e direccionar o tratamento mais apropriado. Além disso, também pode ser usada para avaliar o progresso da pessoa ao longo do tratamento psicoterapêutico.

Em última análise, a avaliação psicológica proporciona um retrato abrangente do funcionamento psicológico da pessoa, o que permite ao profissional oferecer a melhor assistência possível, adaptada às suas necessidades específicas. 

Os Relatórios de Avaliação Psicológica que poderei fazer no âmbito da minha formação são:   

- Relatórios de Avaliação Psicológica no âmbito da Psicologia Clínica (pedidos pelas escolas, médicos, familiares, etc)

- Relatórios de Avaliação Psicológica no âmbito da Psicologia Legal/Forense (pedidos para tribunal, etc)

8

Como marcar a consulta?

Primeiramente, pode visitar a página 'Contactos' deste site. Lá, encontrará um formulário que deve preencher com as suas informações de contacto e qualquer questão ou comentário que possa ter.

 

Após o envio deste formulário, receberei a sua mensagem por email e entrarei em contacto consigo para agendar a consulta.

Alternativamente, pode preferir contactar-me diretamente através do número de telefone 933828512. Caso não atenda de imediato, entrarei em contacto assim que possível.

 

Estarei disponível para agendar a sua consulta de segunda a sexta-feira.

O consultório está convenientemente localizado no Edifício Amoreiras Square, em Lisboa. Para facilitar a sua chegada, pode consultar o Google Maps e obter informações sobre transportes públicos ou estacionamento na página 'Contactos' deste site.

Se preferir, a consulta pode ser realizada online, através de videochamada via Skype ou Zoom, proporcionando-lhe a flexibilidade de se conectar a partir do conforto da sua casa ou escritório.

 

Independentemente da modalidade escolhida, procurarei que seja recebid@ num ambiente acolhedor e confidencial.

IMG-2234_edited.jpg
bottom of page